SISTEMA DE GARANTIAS! (proprietário do bem e comprador)

FORMA DE PAGAMENTO: Via cartão de crédito, transferência em conta corrente ou em horário bancário via especie> (norma: não será liberado) sem devida quitação.
Assim como para bens: caminhões, motor home e demais veículos. (não aceitamos cheques pré datados)

Achamos oportuno criar este esclarecimento para todos! (para evitar constrangimentos futuros)
Srs. > Ao adquirir um bem seja de que marca for e depois de definido e acertado: solicite as notas da ultima revisão (avalie bem) mecânica, elétrica, etc. (se estiver acima de seis meses daí: inspirou a garantia) isto é para bens que não estão mais na garantia do fabricante! (Cuidados especiais quando estão muito tempo parados ou pouca quilometragem) é algumas vezes estar em uso e boa quilometragem: tudo estava em movimento<(exige sempre manutenção assim)
Um motor diesel fica bom após os 100 mil km> portanto cuidados redobrados com pouca! (pode ter muita coisa ressecada por falta de uso) Obvio > o ano se leva em consideração!(novo é novo e pode esta com pouco km)
Um diferencial no mercado que tomos a mais: se chama qualidade sempre!(não como alguns: com te vira agora)
 
Sempre o que for acertado entre as partes!(do que é necessário fazer)
Sendo assim> 


O agenciador não é dono do MOTOR HOME (não o usava para os devidos fins) diante ditos não pode confirmar 100% o que os proprietários nos possam do estado... ou do que nos não é passado de informações neste sentido e muito menos o proprietário passa afirmar com exatidão que não há ou algum problema ou possa surgir no prazo que se entenda por uma garantia. (90dias ou 6 meses) como se der tina  hoje.(nos usados acima de um ou dois anos se for zero adquirido)
Assim é de norma de nossa empresa é  orientar devidamente as partes envolvidas para uma  revisado completa do bem  ora sendo adquirido. (seja motor home, seja outros ou troca que vier)
Desta forma: evita transtornos futuros ou mal estar ou constrangimentos entre todos os envolvidos. 
Estando revisada a garantia sobre o serviço é do que o mecânico. (oficina ou concessionária indicada entre as partes) e em contrato ou ficha de abertura de revisão, assim, é deles doravante em  100%  destes  a revisão e os termos de garantias oferecidos sobre o que foi revisão ou dado parecer  destes para uma boa venda.
Desta forma: as responsabilidades de garantias geradas isentam doravante: agenciador, (em caso de concessionária: vendedor, setor de vendas, gerente de vendas)  e muito menos do proprietário em se tratando de uma venda bem acertado com garantia se algo acontecer do que foi acertado nesta revisão.(futuro)
Parágrafo único: (evitar comentários inoportunos)


Agenciador ou .... Queremos falar sobre seu sucesso com o bem  lhes esta oferecendo e das viagens....
Em caso de imprevistos futuros> o comprador somente deverá se dirigir ao local e a pessoa (gerente de oficina ou dono da oficina)que executou a revisão > jamais o comprador deva procurar primeiro ao agenciador ou ex proprietário se surgir problemas do que foi executado nesta revisão. Somente cria mau estar!( Sr. Já falou com todo mundo e não com a pessoa certa) é o que se houve muito.(assim se evita bate boas)
Cabe doravante oficina etc.(melhor assim) cada um no seu devido lugar.
Para que não ajam interferências em novas garantias se houver necessidades. (mais pessoas envolvidas, mais, problemas se criam) (comprovado)
Desta forma: fica bem entendido> não adianta ligar para agenciador, vendedor, gerente de vendas questionando sobre garantias dadas e sim se dirigir documentado (notas) do quem foi executado e quem executou>(num que tenha acontecido(os) desta garantia. 
Somente se deva tratar direto com o chefe da oficina (em caso de não solução) em ultima instancia com o ex proprietário ou com gerência da mesma.   (fica bem caracterizado: vendas é vendas, oficina e garantia é outro departamento) Vamos que ao assunto em si! (Agora)


REVISÃO EM SIM: Cabe ao comprador ora que esta adquirindo e com  todo os tramite iniciais acertados para esta revisão sobre o bem ora em questão (seja qual for) em se documentar desde o início com a abertura da ficha de serviço de revisão em si:  (para evitar isto não foi combinado...) para obter também as  garantias  oferecidas do que foi executado. (prazos etc.)

Parágrafo único:  O que cabe ao comprador para uma revisão: (na intenção de compra ou compra) mão de obra, juntas, retentores, cola, graxas, óleos,  água de radiador o que prevê o fabricante..., filtros de óleo, filtros de combustíveis, filtros (de que compõem o bem), filtros de ar condicionados,  líquidos para lavar peças etc,  braçadeiras, aroleas planetárias,  cabos, conexões, canos, condutores, rolamentos, porcas, travas, componentes eletrônico se pinturas (que possa ocorrer e danificar no revisar) desmontar, solução de radiador e baterias.

Parágrafo único: em caso não atenda ao comprador após esta execução desta revisão.  (de verificação de tudo que foi solicitado...) 
Não atendendo as expectativas deste bem ora em revisão: de imediato se obriga deixar o bem na forma que foi encontrado... Assim como: arcar com todos os custos o que se prevê nos itens revisão solicitado. (Condições de funcionamento novamente)

Parágrafo único: podendo haver um novo acordo entre as partes e assim entenderem melhor ou deixar como está e esta mão de obra até esta execução do solicitante. (verificação fica daí do proprietário do bem) mas: se não concordar: o interessado deve executar todo procedimento de fechamento sem custos ao proprietário. (legítima dono do bem)
Obrigatório> o execute (oficina ou concessionária)se obriga por escrito fornecer antecipadamente o valor deste serviço e por escrito. 

Parágrafo único: imprevistos de revisão> se obrigam de imediato informar as partes (vendedor e comprador) e não a vendas ou agenciador para os devidos procedimentos ou paralisação ou novo adendo aos acordos firmados. (inicialmente)

Não serão consideradas garantias as peças que estejam por algum motivo em garantia ou qualquer componente  e nesta revisão de verificação inicial apresentarem > desgaste normal de uso...(seria anti ético solicitar ...)

GARANTIA> O que for estabelecido pelo contratante da revisão isto é: somente pelo chefe de oficina (na ausência pela gerencia desta) que estabelecerá os prazos para esta garantia de revisão. (por escrito com cópia para as partes envolvidas....)
Assim: eximindo de totais responsabilidades do agenciador, vendedor, do, setor de vendas ou gerência) ou proprietário>(não fazem a revisão)

Revisões de, pois e concluídas e o início de uso do bem ora em questão: Doravante devem ser cumpridas a risca do que for informado referente as novas revisões estabelecidas no seu todo. .(o não cumprimento das quilometragens indicadas para este cumprimento  de garantia)> serão motivos de cancelamento imediato da garantia dada.
Da mesma forma se aplica as peças substituídas ou revisadas e no caso de: equipamentos ...(exemplos) carretas etc. ( da mesma forma)

ELÉTRICA: Não haverá garantias sempre no estado que se encontram... . 
O comprador terá o direito de examinar na totalidade antes de adquirir o bem (com auxilio de quem indicar) ou levar até uma oficina especializada para as devidas verificações e testes.

Parágrafo único: Na necessidade de algum componente apontar defeito antes da venda> será de total responsabilidade na troca destes pelo vendedor do bem era em questão o proprietário (ou se for de aquisição da concessionária ou agenciador)  e assim como a mão de obra de correte destes e a demais mão de obra do comprador se assim quiser revisado demais itens.
Demais: somente garantia do fabricante da peça< como exemplos:baterias,focos, módulos etc. (vigente nestas)

OBRIGAÇÕES AO PROPRIETÁRIO VENDEDOR DO BEM:  É de responsabilidade pagar a mão de obra e peças sobre tudo que se constar que estiver com defeito ou com desgaste anormal ou enrustido ou quebrado. (podendo aplicar peças do mercado paralelo de marca que venham com garantia do fabricante) mas num acordo entre as partes: o comprador pode solicitar original > assim pagará a diferença desde que o executante da revisão aprove esta (s) peças devidamente. (tudo por escrito na ficha de serviço...) para evitar confusão na hora de pagar não aja constrangimentos entre as partes. 

Não haverá sob hipótese alguma o envolvimento do agenciador (autônomo) em caso de loja não é dono do bem assim como não foi usuário ou mesmo vendedor e gerencias em caso de concessionária e sim de quem  a executou.

Parágrafo único: em caso seja induzido a isto ou outras práticas de cancelamentos de cheque ou chantagens...> cabe se amparar (legalmente)

Parágrafo único: O executante da revisão> se obriga a emitir um certificado de garantia ( ou declaração) especificando claramente do que  esta dando garantias e prazos. (componentes adquiridos pelo comprador em mercados paralelos para baratear custos) não cabe garantias do executante  e sim do fornecedor.  (peças etc)

A quem cabe solicitar:> somente o comprador dos mesmos (na falta destas solicitações) acará todas as conseqüências futuras...em caso de problemas que possam surgir...(para os entendimentos com o executante) e como não poderá envolver > ex proprietário (os) ou quem intermediou a venda ou loja que o vendeu.

Em caso de troca nas garantias> se for constado problemas de qualquer espécie após a venda sobre o que foi executado ou em viagens etc.

Somente  retornar ao local executado ou em viagens>
 recorrer somente primeiro auxilio pra concessionária da marca< No local: entrar imediatamente em contacto quem executou a revisão  ou na falta de contatos (finais de semana ou feriados)  pedir autorização para opção encontrada (desde que apresente recursos) Repetimos: somente a concessionária mais próxima (não iniciar nenhum serviço) antes de ter entrando  em contacto quem executou ...(somente quem executou que fique bem entendido)  o qual se obriga tomar as providências imediatas como indicará o seu real representante para os devidos auxílios necessários. (guincho ou deslocamento de mecânicos até o local em caso não houver condições de chagar ao local indicado)
Os acordos de custos no seu todo somente será entre eles)  assim aos demais mencionados acima.

Parágrafo único: Se for comprovado o mau uso> todas as despesas desta revisão<:> serão do mesmo(comprador) sob pena de perder a garantia parcial ou total do que foi executado ou até sanções previstas em leis. 

O mau uso  ou forçar...( do bem ora vendido) para que possa surgir novos defeitos....(se acontecer...) e comprovado>(será aplicado o que for necessário em lei) e perda na totalidade da garantia. 

Vidros espelhos estofamentos no seu todo> no estado que se encontram sem garantias.
(ou do que for trocado em se tratando trincado ou estofamentos, tapetes sem condições de uso) com garantia somente do fabricante ou quem confeccionou...
Pneus etc. devem manter todas as recomendações indicadas no pneu (validades destes etc) e em especial estepes (questão de muita polemica ) não estando bom para uso deva ser trocado>(pois também é indicador de pontuação de CNH.) são de  4 a 5 anos conforme o fabricante. Parágrafo único: Não levados em questão entre as partes (pneus) no estado que se encontram! Em caso de problemas... As partes se devam acertar e sem interferência de outros ou responsabilidades< futuras: para agenciador ou vendedor.

O uso da má fé > sobre algum problema existente a mais, (sinistros) cabe o que as leis prevêem... Somente junto a quem a praticou. (somente)  
Como se elege o forun: se a revisão for assim executada na cidade do mesmo ou em caso do comprador.
Assim satisfaz todas as partes envolvidas e sem constrangimentos futuros!


O QUE TEMOS DE INFORMA PARA AS PARTES ENVOLVIDAS.  ASSIM EM VIRTUDE O ATO DE MÁ FÉ DE ALGUNS. Tudo se documenta em três vias (02)  Joinville,08 de Outubro de 2013